segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Realização do 4º CAFÉ LITERÁRIO

O MACHADO era de ASSIS. A ROSA do GUIMARÃES. A BANDEIRA do MANOEL, mas feliz mesmo era o JORGE que era AMADO.
 A Escola Lídia Bezerra promoveu neste 04 de dezembro o  4º CAFÉ LITERÁRIO uma realização do CENTRO DE MULTIMEIOS e ÁREA DE LINGUAGENS, com o tema: “LENDO VOCÊ IRÁ CONDUZIR, NÃO LENDO VOCÊ SERÁ LEVADO,”  foi um verdadeiro show de talento e conhecimentos literários. Com a participação de alunos e professores, foram abordados autores e suas obras, tendo como escritores principais: Machado de Assis, Guimarães Rosa, Manuel Bandeira e Jorge Amado, ainda, recitais, música, dança e peça teatral.
Os participantes apreciaram:
ü  VIDA E OBRA DOS ESCRITORES: MACHADO DE ASSIS, GUIMARÃES ROSA, MANUEL BANDEIRA E JORGE AMADO;
ü  O MENESTREL – WILLIAM SHAKESPEARE;
ü  CORAL : “ A NOITE - TIÊ
ü  POESIA RETRATO – CECÍLIA MEIRELES;
ü  DANÇA TEMPO DE ALEGRIA – IVETE SANGALO;
ü  MONÓLOGO:  CARTA DO APÓSTOLO PAULO, Cor.13;
ü  MONÓLOLO: A ROSA DE HIROSHIMA – VINICIUS DE MORAES;
ü  PEÇA TEATRAL – FRAGMENTO DA OBRA SENHORA DE JOSÉ DE ALENCAR;
ü  POESIA MATEMÁTICA – MILLÔR FERNANDES;
ü  POESIA – EI SORRIA... – CHARLES CHAPLIN;
ü  PEÇA TEATRAL – FRAGMENTO DO LIVRO O QUINZE DE RACHEL DE QUEIROZ;
ü   DANÇA – RITMO DO BRASIL;
ü  PARÓDIA: LITERATURA BRASILEIRA;
ü  PEÇA TEATRAL – ASSALTO À LÍNGUA PORTUGUESA.

















video



segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Comemoração na Escola Lídia Bezerra marca o Dia da Consciência Negra



O tema Consciência Negra, comemorado em todo o Brasil no dia 20 de novembro, foi destaque deste mês na Escola Lídia Bezerra. A escola despertou para uma consciência convertida em ações práticas e verdadeiras atribuindo a comunidade negra a merecida identidade de valor na construção da nossa história e de um futuro melhor.

De acordo com o Diretor da escola, professor Carlos Florentino, o objetivo é comemorar de forma diferente o Dia da Consciência Negra, envolvendo   alunos e professores em atividades em sala e trabalhos que proporcionem o conhecimento e a vivência da cultua dos povos afro-descendentes.

Durante a semana sob   a orientação da coordenadora de área de ciências humanas e suas tecnologias, a professora Jocilene Santos   mobilizou   alunos e professores juntamente com o núcleo gestor a trabalharem o tema confeccionando mural, pinturas, bem como, produções poéticas, expressões corporais, e  desfiles, tudo para expressar o valor do ser humano.


“É muito importante que temas como estes sejam trabalhados no ambiente escolar; Com esta iniciativa, a escola cumpre a sua função social contribuindo para a formação integral dos alunos, combatendo todo o tipo de preconceito e racismo, além de promover a igualdade social”, destacou o   gestor.





















sábado, 24 de outubro de 2015

Dia de Prova do Enem 2015 -Toda Escola Mobilizada


             Durante os dias de prova (sábado e domingo), toda à escola e os professores   e também o núcleo interagindo com os alunos, dando apoio aos alunos  e desejando a todos uma boa prova. “Mostramos que temos uma equipe de verdade, mobilizada”, agradeceu o diretor Carlos Florentino.
         Antigos alunos, alunos atuais, todos foram acolhidos pela equipe da Escola Lídia Bezerra. Gestos de carinho e muitos abraços entre professores e alunos foram registrados, provando que o contato humano, o apoio incondicional e o incentivo fazem toda a diferença para esses alunos, num momento tão importante para suas vidas, já que o Enem representa a porta de entrada deles no ensino público universitário. Uma ação que, certamente, colherá muitos frutos positivos.